Azeite

Serra que Chora

Azeite 2019

Oportunidade de experimentar o frescor de um Azeite Novo.

A proposta do Azeite Serra Que Chora é, em primeiro lugar, produzir um azeite de alta qualidade, contendo todo o frescor de um azeite novo com sua melhor nuance, conhecido nos países mediterrâneos com "Olio Nuovo".

O Azeite Serra Que Chora é produzido artesanalmente, em um criterioso processo de produção com o objetivo de garantir um produto de qualidade superior e tradicional. A colheita é feita de forma manual e com cuidados para não machucar as frutas, que são encaminhadas imediatamente ao Lagar. O transporte ocorre em cestas abertas em baixas temperaturas, e a prensa a frio é realizada no máximo até cinco horas depois da colheita. O produto final não é filtrado.

 

Como resultado, temos um AZEITE EXTRA VIRGEM 0,1% de acidez (valor de referência até 0,8%), e outras propriedades analisadas e certificadas pelo CERALAB laboratório credenciado pelo MAPA, como:​

índice de peroxido 4,20 MEQ/KG indicando oxidação muito baixa, (valor de referência até 20 MEQ/KG),

extinção específica ultravioleta:

232nm = 1,80 indicando baixo nível de oxidação (valor de referência até 2,5);

270nm = 0,11 evidenciando que o produto não é processado, é puro e prensado a frio (valor de referência até 0,22);

Ao escolher um azeite nacional de qualidade, você poderá usufruir por mais tempo do frescor de um azeite novo, pois, geralmente, é nos primeiros seis meses que consegue-se desfrutar de um cheiro, de uma cor e de um sabor mais intenso, mais frio e mais agradável.

Aproveite para saborear o Azeite Serra Que Chora aguce seus sentidos.

Locais onde encontrará nosso azeite:

VERDEMAR SUPERMERCADOS

 

Adega CB
Rua do Ouro 548 - B.Serra - Belo Horizonte – MG, 30220-000

 

Casa Bonomi Panificadora
Rua Claudio Manoel, 460  - B.Savassi - Belo Horizonte – MG, 30140-105

 

Cum Panio
Rua do Ouro 292 - B.Serra - Belo Horizonte – MG, 30220-000

 

Enoteca Decanter
Rua Fernandes Tourinho, 503  - B.Savassi - Belo Horizonte – MG, 30112-000

 

Instituto Atá (Mercado Pinheiros)
R. Pedro Cristi, 89 Box 16 - B Pinheiros  - São Paulo - SP, 05421-040

 

Nectar Do Cerrado (Mercado Cruzeiro)
Rua Ouro Fino, 452 – loja 2B - B. Cruzeiro - Belo Horizonte – MG, 30310-110

 

Padaria Bolo De  Vó
Rua Angélica, 1467 - B. Joquei - Teresina - PI, 64048-162

 

Restaurante Taberna Portuguesa 
Av. Bernardo Monteiro, 1414 - B.Funcionários - Belo Horizonte – MG, 30150-281

Roça Capital Armazém Mineiro (Mercado Central)
Av. Augusto de Lima, 744 – loja 268  - Centro - Belo Horizonte – MG, 30190-000

 

Royal Mercearia E Padaria (Mercado Cruzeiro)
Rua Ouro Fino, 452 – loja 405 - B. Cruzeiro - Belo Horizonte – MG, 30310-110

Artigos e Notícias

Falando sobre ouro líquido

February 1, 2017

Please reload

Show More

Azeite Serra que Chora

História

A Fazenda Serra Que Chora foi fundada pelo avô do Manoel Costa, são 180 hectares (mais de 80 deles de Mata Atlântica preservada) nas chamadas Terras Altas da Mantiqueira, que abriga oito cidades. Aos poucos Manoel criou um gostoso restaurante no entorno de uma lareira, construiu apartamentos e pôs a funcionar uma hospitaleira Pousada. Também plantou uma linda horta e iniciou criações de peixes e ovelhas. Como consequência das ovelhas surgiram queijos deliciosos. Na Serra Que Chora todas as receitas são bem vindas e acabaram originando o presunto da Serra, irmão do parma (por meio de receita de amigos fraternos italianos), mas o forte desta paragem é a boa conversa e  principalmente, o jeito mineiro de viver com harmonia com a natureza, sem a pressa, sem ansiedades tolas.

 

Neste correr por volta de 2010, Manoel Costa, conhece a experiência da EPAMIG desenvolvida sob a orientação do estudioso e competente Nilton Caetano e, juntamente com seu sócio no negócio de azeite Francelino Rocha, partiu para a plantação de “OLIVAS” visando futura produção de azeite. Prospectaram o que já existia nos vizinhos da região de Maria da Fé, mergulharam nos estudos sobre o tema e foram até a Espanha e Portugal para participar de feiras e conhecerem outras propriedades e suas  realidades.


 Iniciaram a plantação das oliveiras em 2011, atualmente são aproximadamente 5 mil árvores das seguintes variedades: Arbequina, Grapollo, Koroneiki, e Maria da Fé.

 

Contato

(31) 99292-9258

Fazenda Vale Grande - Bom Sucesso,

Itanhandu - MG, 37464-000, Brasil